Rotacione o dispositivo

CEO da Toyota participa de palestra sobre TPS no Hospital Santa Cruz

Steve St. Angelo falou sobre como o Sistema Toyota de Produção, desenvolvido pela empresa desde a década de 50, vem dando resultados positivos no sistema hospitalar.

Fruto da parceria entre a Toyota do Brasil e o Hospital Santa Cruz, a palestra “Como o Sistema Toyota de Produção – TPS – contribui para a melhoria contínua na área de saúde” aconteceu em 25 de maio. Na ocasião, Steve St. Angelo, CEO da Toyota para a América Latina e Caribe e Chairman da Toyota do Brasil e Argentina, palestrou para médicos e profissionais da área da saúde, dando um abrangente panorama a respeito do TPS em geral e sobre os benefícios já obtidos no pronto atendimento do hospital após a implementação do sistema.

A iniciativa de aplicar um sistema com o objetivo final de atender às necessidades dos pacientes dentro do menor prazo possível, com o menor custo e o alcance da mais alta qualidade, era mais um passo do Hospital Santa Cruz em busca de sua excelência. E em setembro de 2015 iniciava-se a implementação do Sistema Toyota de Produção no Santa Cruz, primeiro e único hospital do Brasil a contar com a metodologia.

Com uma equipe de especialistas da montadora e colaboradores do HSC, a área de pronto atendimento foi o ponto de partida para observação e análise. Do tempo de espera à qualidade de atendimento e forma como os pacientes se deslocavam pelo local, pôde-se planejar a primeira economia de tempo e recursos. Os resultados foram animadores.

Resultados
As intervenções realizadas pela equipe de TPS da Toyota reduziram em 22% o tempo que um enfermeiro leva para montar o kit de medicamentos dado aos pacientes. A espera por atendimento foi reduzida em pelo menos 30 minutos. O profissional passou a iniciar a medicação mais rápido e ganhou 11 minutos por turno com essa agilidade. Já o deslocamento do paciente foi reduzido em 80 metros.

“Fui um estudante do TPS por 30 anos e sempre acreditei que ele poderia ser utilizado em diversas instituições e empresas. Sua maior contribuição está no engajamento e no desenvolvimento das pessoas. Parabéns à equipe do Hospital Santa Cruz por assumir um projeto como esse, por estar aberta a novas ideias para melhorar seus processos e sua empresa e, o mais importante, melhorar a satisfação dos clientes”, afirma Steve St.Angelo.

Sobre o TPS
Desenvolvido no pós-Segunda Guerra Mundial por Taiichi Ohno, chefe de produção da Toyota na época, o TPS começou a ser empregado nas décadas de 60 e 70, sempre operando sob dois pilares: o just-in-time, ou seja, produzir e transportar aquilo que é necessário, no tempo necessário e na quantidade necessária; e o jidoka, conceito que propõe 100% de qualidade de produção sem permitir que um defeito ou falha siga sem ser identificado.
Case de sucesso em entidades dos Estados Unidos e Canadá, o TPS foi responsável por otimizar os atendimentos hospitalares da cidade de New Orleans após a passagem do furacão Katrina, além de ter sido empregado até mesmo para a reconstrução de áreas destruídas.

Fonte: Toyota Imprensa

image
Google+