Rotacione o dispositivo

Toyota doa 1 milhão de euros para salvar Museu de Detroit

A Toyota é mais uma das companhias que se junta ao esforço para salvar o Museu de Detroit. O local possui uma coleção de arte avaliada em US$ 5 bilhões e tem sido vista como uma importante fonte de rendimentos para uma cidade à beira da falência. O governo de Detroit tem sido pressionado a vender o espólio do espaço para ajudar a juntar os fundos necessários para evitar mais cortes aos pensionistas.

 

O museu possuiu uma rica coleção de arte, entre elas destaca-se a coleção de 27 afrescos chamado “Detroit Industry”, pintados pelo famoso muralista Diego Rivera (Foto: Divulgação)

 

“Detroit e as áreas circundantes são de importância vital para a indústria automobilística”, afirmou Simon Nagata, executivo da Toyota, sobre a doação de 1 milhão de euros que a marca fez ao Museu, conforme noticiou a revista portuguesa Turbo.

 

Antes da Toyota, os “Big Three de Detroit” (Ford, Chrysler e GM), conforme são conhecidos os três grandes fabricantes locais, doaram 26 milhões de euros à angariação de fundos destinado a salvar o museu, na qual já colaboraram outras empresas como a Denso.

 

Entre as maiores obras de arte existentes neste museu, destaca-se a coleção de 27 afrescos chamado “Detroit Industry”, pintados pelo famoso muralista Diego Rivera, entre 1932 e 1933, e inspiradas nos funcionários da Ford.

 

Fonte: Mundo-Nipo

image
Google+