Abre Performance Ambiental

Desafio Ambiental 2050

Limitação de recursos naturais, poluição do ar, aquecimento global. A necessidade de reduzir os impactos causados pela ação humana no planeta já está cada vez mais ampla e inserida nas decisões governamentais e de empresas que se mostram engajadas na criação de soluções menos nocivas ao meio ambiente.

Um dos pilares estratégicos da Toyota em todo o mundo desde sua fundação, a proteção ao meio ambiente ganhou força em 2015 com o lançamento do Desafio Ambiental Global 2050, que busca reduzir ao máximo o impacto negativo da fabricação e do uso de veículos, além de contribuir para a formação de uma sociedade sustentável. Entre os principais objetivos está a redução em 90% as emissões médias de CO2 originadas a partir de novos veículos no mundo, considerando os níveis de 2010. Mas com os desafios ambientais crescendo a cada ano, a empresa quer ir além, desafiando-se em todas as iniciativas.

Diversas atividades que deverão ser implantadas até 2020 tem como foco o atingimento dos desafios do Plano de Ação Ambiental Toyota, colocando a empresa na direção do Desafio Ambiental Toyota 2050. Ao formular o plano, as atividades ambientais foram categorizadas em seis desafios (veja figura a seguir) sendo três relacionado à zero emissão CO2 (uso do veículo, ciclo de vida e fabricação) e mais três ligados à geração de impactos positivos (água, reciclagem e harmonia com a natureza).

Ao abraçar esses seis temas, a Toyota contribuirá para o desenvolvimento sustentável da sociedade e do planeta, garantindo harmonia com o ambiente global em sua monozukuri (fabricação), kurumazukuri (fabricação de veículos) e a entrega de produtos e serviços.

No Brasil, o desempenho das operações vem sendo aprimorado continuamente com base na obtenção e manutenção de certificações em padrões de gestão (em especial a norma ISO 14001), o investimento na modernização tecnológica, proteção ambiental e adequação das plantas ao modelo ecofactory e engajamento e sensibilização dos colaboradores quanto à cultura de melhoria contínua, com kaizens em diferentes áreas.

Metas brasileiras para contribuir com o Desafio 2050

• Zero emissão de CO2 nas fábricas até 2020, por meio da compra de energia (eletricidade) gerada por fontes renováveis.

• Minimização de uso de água nas fábricas, por meio da implantação de projetos de melhoria contínua desenvolvida pelos colaboradores.

• Melhor desempenho regional em resíduos gerados nas fábricas.

Icon

Amigo do meio ambiente

A estratégia de eletrificação de automóveis está diretamente ligada aos objetivos da Toyota em seu Desafio Ambiental 2050. Desde a introdução do primeiro propulsor eletrificado comercialmente disponível no Prius no Japão em 1997, a TMC tem trabalhado para melhorar essa tecnologia para alcançar vendas anuais de veículos eletrificados de 5,5 milhões de unidades até 2030. No mundo, em apenas 20 anos, as vendas de novos veículos eletrificados aumentaram de 500 unidades para mais de 1,5 milhão.