Ética e transparência

Com atuação em 160 países, a Toyota é mundialmente reconhecida pelo respeito às pessoas, postura ética e transparência nas relações. Entre seus princípios está o respeito às leis de todos os países em que atua, com atividades transparentes e justas, além do respeito à cultura e costumes dos locais onde está presente, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social por meio de atividades empresariais. <102-16>

No Brasil, a empresa possui uma robusta estrutura para a análise, tratamento e resposta às denúncias, queixas e registros relacionados ao descumprimento do Código de Conduta. Para reforçar esse compromisso, no ano fiscal anterior (2016/2017), o Código passou por uma revisão estratégica apresentada por meio de campanhas e ações a todos os colaboradores da companhia. Nele, são tratados temas relacionados a direitos humanos, diversidade, combate à corrupção, desvios éticos e prevenção de conflitos de interesse. Junto do Regulamento Interno, o código é o principal guia para quem trabalha ou representa a Toyota.

Além disso, a TDB disponibiliza o Canal Ético para colaboradores e parceiros de negócios. Disponível por telefone, internet ou e-mail, este canal registra denúncias sobre desvios, fraudes, conflitos de interesse e corrupção, todas avaliadas com garantia de anonimato pelo Comitê Ético da empresa.

Formado por gestores e diretores de áreas como Jurídico e Recursos Humanos e coordenado pela área de Auditoria Interna, esse comitê avalia os casos reportados, elabora pareceres e os comunica à Presidência e à Diretoria de Recursos Humanos. Em caso de denúncias ligadas à alta liderança da TDB (presidente ou diretor financeiro), a análise dos casos é feita pela matriz

Além de coordenar o Canal de Ética, a área de auditoria interna da companhia atua na execução, gestão e monitoramento das estruturas de controles internos segundo as diretrizes estabelecidas na Lei Sarbanes-Oxley (SOX)5 e em processo de gestão de risco, controles e verificação de segurança definidos localmente ou junto com a TMC, que realiza visitas periódicas de auditoria no Brasil

5 Lei americana que tem como objetivo garantir a criação de mecanismos de auditoria e segurança confiáveis de modo a mitigar riscos aos negócios, evitar a ocorrência de fraudes ou assegurar que haja meios de identificá-las